SPED – Sistema Público de Escrituração Digital e Nota Fiscal Eletrônica

PÚBLICO-ALVO:
Empresários, Contadores, Técnicos em Contabilidade, Estudantes de Contabilidade e demais interessados no tema.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
UNIDADE I – SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL – SPED
Apresentação
Objetivo
Premissas
Benefícios
Histórico
Universo de Atuação

UNIDADE II – NOTA FISCAL ELETRÔNICA – NF-e

Conceito de Nota Fiscal Eletrônica
Legislação aprovada sobre a NF-e
Benefícios no uso da NF-e
Documentos Fiscais a serem substituídos pela NF-e
Tipos de Operações que se utiliza a NF-e
Empresas Obrigadas à Emissão de NF-e
Destinatário da NF-e
Como se credenciar
Obrigações acessórias (o que muda com a NF-e)
Nova Sistemática Operacional com o Uso da NF-e
Envio da NF-e e da Mercadoria ao Destinatário
Consulta de uma NF-e na Internet
Escrituração das NF-e
Contingências com a NF-e
DANFE – Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica
Certificação Digital

HORÁRIOS
DATA: À DEFINIR
Horário: 8h 30min. às 17h 30min. com intervalo para almoço
Carga Horária: 8h/aula

INVESTIMENTO
R$ 100,00

Professores:
ANTONIO ELIEZER PINHEIRO: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual, Orientador da Célula de Auditoria da Secretaria da Fazenda do Ceará. Professor de Contabilidade e Auditoria na FAMETRO e FAFOR e em Cursos de Pós-Graduação da Universidade Vale do Acaraú – UVA e Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN. Instrutor de Cursos no CRC-CE, CRC-MA (Delegacia em Imperatriz), JRH Treinamentos, SINDCONT-CE, ESAF, ASTEC, MASTER Concursos, Faculdade Leão Sampaio, VERBANET, Fortes Treinamento, entre outros. Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará, com Especialização em Administração Fazendária pela Faculdade Christus e Mestrando em Economia no CAEN da Universidade Federal do Ceará (2007/2009). Co-autor do Livro Legislação do ICMS no Ceará

Compartilhar nas redes sociais !

Os comentários estão encerrados.